Governo está focado em aprovar esquartejadora Reforma da Previdência

Governo está focado em aprovar esquartejadora Reforma da Previdência

O ano mal começou e Temer e companhia já estão articulando formas de retirar direitos e massacrar as aposentadorias dos trabalhadores brasileiros. De volta às conversações, a equipe econômica do governo manipula arduamente para a votação da reforma da previdência passe o quanto antes na Câmara dos Deputados.

Com o discurso falso de que a aprovação da proposta é essencial para que se cumpra as metas de déficit primário, o teto dos gastos e a regra de ouro – que limita o endividamento do governo – a equipe de Michel Temer tenta avançar com o projeto que esquartejará as aposentadorias dos brasileiros.

A ânsia em surrupiar a receita gerada pela Previdência Social é tão grande, que Temer oferecerá aos parlamentares que votarem a favor da reforma valores até R$ 10 bilhões para finalização de obras em redutos eleitorais. O dinheiro deve sair da própria economia gerada este ano, com a eventual aprovação das novas regras da Previdência.

Esta não é a primeira vez que o governo sinaliza a liberação de recursos do orçamento para obras em troca de votos pró-reforma. Desde meados do ano passado, essa proposta vem sendo apresentada como “carta na manga”, mas, diante da queda as receitas em 2017, acabou sucumbindo. Agora que Temer tem o dinheiro já previsto com a os recursos da reforma, a manobra voltou a ser utilizada.
 
“O governo perdeu todos os escrúpulos e, de forma ardilosa, está comprando votos a favor da aprovação da reforma. É preciso manter a coesão e a mobilização contra essa famigerada reforma. É hora de nos unirmos e irmos às ruas gritar não a Reforma da Previdência. Como se não bastasse a retirada dos Desde meados do ano passado, o governo vinha sinalizando com a liberação de recursos do Orçamento para obras em troca de votos pela a reforma. Mas as promessas sucumbiram diante da queda de receitas em 2017. Desta vez, a proposta é destinar os recursos da reforma às obras, um dinheiro “carimbado”.  direitos dos trabalhadores com a reforma trabalhista e lei da terceirização, Temer agora que mexer nas aposentadorias. Precisamos impedir esse massacre”, convoca o Presidente do Sinaerj, Edson Machado.

Author Description

Sinaerj

No comments yet.

Join the Conversation