Reforma da Previdência: trabalhadores vão às ruas em defesa dos seus direitos

http://www.administradores.org.br/wp/wp-content/uploads/2019/05/dia-do-trabalhador.jpgReforma da Previdência: trabalhadores vão às ruas em defesa dos seus direitos

Dia do Trabalhador é sinônimo de luta. Ontem, 1º de maio, em todo País, milhões de brasileiros foram as ruas para defender o direito da aposentadoria e repudiar a PEC 06/19 que propõe alterações da idade mínima, tempo de contribuição e a implementação do sistema da capitalização. No estado carioca, os Atos deram início na Praça XV percorrendo o Boulevard Olímpico até a Praça Mauá.

A data histórica contou com a união de todas as centrais sindicais e associativas como CUT (Central Única dos Trabalhadores), Força Sindical, Intersindical, CPSP – Conlutas (Central Sindical e Popular Conlutas), Nova Central, CGTB (Central Geral dos Trabalhadores do Brasil), CSB (Central dos Sindicatos Brasileiros) e UGT (União Geral dos Trabalhadores), e ainda divulgou que no dia 14 de junho ocorrerá o “Dia da greve geral contra a reforma da Previdência”.

No decorrer do dia, barracas para coletas de assinaturas contra a proposta estavam disponíveis, e também ocorreu o lançamento da plataforma online chamada “Na Pressão”, pela CUT, que tem como objetivo incentivar o debate sobre questões socioeconômicas  da sociedade brasileira, principalmente sobre a nefasta proposta que é tema da primeira campanha com o nome “Querem Roubar Sua Aposentadoria”.

“As mobilizações estão sendo mais do que necessárias para alertar a população sobre a reforma da Previdência. Só assim, poderemos enfatizar a luta por nossos direitos e agir contra as novas medidas imposta pelo governo Bolsonaro, que apenas vislumbra lucro sem pensar nas consequências para a sociedade. Nossa batalha não terá fim enquanto esta medida continuar em estudo”, afirma Edson Machado, Presidente do Sinaerj.

Author Description

Sinaerj

No comments yet.

Join the Conversation