Reforma da Previdência ameaça aposentadoria dos trabalhadores

http://www.administradores.org.br/wp/wp-content/uploads/2019/01/reforma-aposentadoria.jpgReforma da Previdência ameaça aposentadoria dos trabalhadores

O ministro da Economia, Paulo Guedes, propõe a inclusão do regime de capitalização na proposta da Reforma da Previdência, que nada mais é que um regime financeiro editado que gera reservas para garantir pagamentos de determinados benefícios, ou seja, o próprio trabalhador fica responsável pela administração da sua aposentadoria, que terá a mesma funcionalidade da poupança.   

A desculpa esfarrapada utilizada para acatar esse modelo, nem um pouco favorável para os empregados, é de que a Previdência está quebrada e são necessários cortes de gastos e, com isso, as incessantes tentativas de ajustes nas aposentadorias e pensões continuam a todo vapor sugando o direito dos trabalhadores.

O modelo que querem adotar é semelhante ao implantado no Chile desde 1981, que conta com pensões baixíssimas em comparação ao salário recebido em exercício. Por exemplo, um trabalhador que se aposenta com salário de aproximadamente R$ 2 mil, recebe cerca de R$ 800, o valor é referente a menos da metade do que era recebido.

“Não podemos permitir que esse novo modelo seja adotado. Isto é inadmissível e devemos lutar por nossos direitos”, indignou-se Edson Machado, Presidente do Sinaerj.

Author Description

Sinaerj

No comments yet.

Join the Conversation