Empregados da Eletrobras exigem saída do atual presidente da estatal

http://www.administradores.org.br/wp/wp-content/uploads/2018/06/Governo-faz-esforço-em-MP-para-garantir-venda-da-Eletrobras-ainda-neste-semestre.jpgEmpregados da Eletrobras exigem saída do atual presidente da estatal

Os trabalhadores da Eletrobras receberam mais uma apunhalada, desta vez, do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª região (TRT-1). De forma arbitrária o presidente do TRT, Fernando Antonio Zorzenon, na última segunda-feira (11), derrubou a liminar que suspendia a privatização da Eletrobras por 90 dias. Tendo assim avanço no processo de desmonte da empresa iniciado pelo governo Temer.

Em defesa dos trabalhadores e do controle público da empresa, a Federação Nacional dos Urbanitários (FNU) e outras entidades sindicais realizaram paralisação de 72 horas, tendo seu fim ocorrido na quarta-feira (13/6).

Os trabalhadores reivindicaram a saída do atual Presidente da estatal, William Pinto Ferreira Júnior, que demonstra intenções de entregar o controle da Eletrobras para empresas estrangeiras. Como consequência, cerca de 12 mil empregados devem ser demitidos, além da elevação das tarifas de energia ser à população e indústria e perda do controle acionária da União.

“Precisamos lutar contra a privatização das empresas Eletrobras e Furnas. É hora de nos unirmos para derrubar essa decisão”, convoca Edson Machado, Presidente do Sinaerj.

Author Description

Sinaerj

No comments yet.

Join the Conversation