Eletricitários realizam paralisação de 24 horas contra a privatização da Eletrobras

http://www.administradores.org.br/wp/wp-content/uploads/2018/04/NÃO-A-PRIVATIZAÇÃO.jpgEletricitários realizam paralisação de 24 horas contra a privatização da Eletrobras

A Federação Nacional dos Urbanitários (FNU) e o Coletivo Nacional dos Eletricitários (CNE) se coordenaram para realizar uma paralisação de 24 horas hoje, 16 de abril, em todas as unidades do setor elétrico nacional. A mobilização é contra a privatização da Eletrobras, uma das principais empresas que está na mira do governo federal para desestatização.

Atualmente, seis distribuidoras (Acre, Alagoas, Amazonas, Piauí, Rondônia e Roraima) estão na lista de Temer para participar do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) que visa a venda das unidades devido a suas supostas dívidas somadas em R$ 11,2 bilhões. Contudo, a Eletrobras gera uma receita de R$ 60 bilhões. Ou seja, é uma conta que não fecha.

Para se ter uma ideia, o programa Luz pata Todos levou energia elétrica para 3,2 milhões de famílias, beneficiando 15,6 milhões de brasileiros. Atualmente, a Eletrobras é responsável por 31% da geração e 47% das linhas de transmissão do País. Em 2016, quase 70% da energia elétrica consumida no Brasil teve origem hidráulica.

Segundo informações da FNU, a paralisação não prejudicará a população, pois serão mantidos os serviços essenciais da empresa como geração, distribuição e transmissão de energia. A mobilização tem o objetivo de defender o patrimônio nacional e mostrar sua fundamental importância para a geração de energia no País.

“A privatização do setor elétrico tem o simples intuito de vender nosso patrimônio aos estrangeiros, encarecer o custo da energia a todos os brasileiros e desestabilizar os empregados. Nossa luta não é apenas pela manutenção do emprego, é pelo desenvolvimento do país. O Sinaerj apoia a mobilização dos Eletricitários, pois não se pode permitir que doem mais um patrimônio nacional”, afirma Edson Machado, Presidente do Sinaerj.

Acontecerá ainda hoje, 16, um grande ato em frente ao Ministério de Minas e Energia contra o desmonte do setor elétrico estatal.

Author Description

Sinaerj

No comments yet.

Join the Conversation