Luto é luta. Execução de Marielle é atentado contra a democracia

http://www.administradores.org.br/wp/wp-content/uploads/2018/03/por-justiça.jpghttp://www.administradores.org.br/wp/wp-content/uploads/2018/03/por-justiça.jpghttp://www.administradores.org.br/wp/wp-content/uploads/2018/03/por-justiça.jpgLuto é luta. Execução de Marielle é atentado contra a democracia

Um crime bárbaro ceifou a vida de Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes. Não resta dúvida de que a execução da vereadora Marielle foi mais uma tentativa de calar a voz não só da vereadora, mas também de todos que lutam por direitos iguais e por uma sociedade justa. Crime deplorável.

Porém, ao tirar covardemente a vida de Marielle, seus algozes, mesmo que sem querer, despertaram no povo a certeza de que uma voz foi calada, mas não seus sonhos, ideais e força de luta. A repercussão do crime no Brasil e no mundo deixa claro o que representa tal execução. Eles calaram uma voz, mas despertaram o desejo de luta em outras tantas “Marielles” e muitos outros “Andersons”.

Assim, o Sindicato dos Administradores no Estado do Rio de Janeiro (Sinaerj) registra o seu repúdio a todo e qualquer ato de violência contra a vida do ser humano, cidadão, brasileiro, mas, sobretudo, crimes bárbaros que visam amedrontar os que lutam, arrancar direitos e balançar a democracia.

Assim, ecoando o desejo de milhões de pessoas nos solidarizamos com a dor das famílias e dizemos: Esse luto virou sinônimo de luta! Marielle, presente! Anderson, presente!

Sindicato dos Administradores no Estado do Rio de Janeiro

Author Description

Sinaerj

No comments yet.

Join the Conversation